O ciúme prejudica a relação? – Saiba o que deve fazer nesta situação:

É muito normal que em um casal as pessoas sintam ciúme uma da outra, o medo de perder, ansiedade e coisas do tipo apenas influenciam neste sentimento, mas será que o ciúme prejudica a relação?

Como esta é uma dúvida muito comum em muitas pessoas, é exatamente sobre isto que falaremos no texto de hoje. Para que através dele você saiba o que fazer caso esteja sendo uma pessoa muito ciumenta ou caso esteja na situação oposta.

Este texto visa responder algumas dúvidas que são frequentes para alguns casais e deixar certos pontos bem claros para que o entendimento e interpretação da situação seja a melhor possível.

Vale ressaltar que no caso de seu relacionamento estar se tornando um pouco tóxico, faça uma terapia de casal, conversem com os psicólogos e também entre si. Uma conversa pode ajudar muito em diversos casos.

Mas afinal, a que ponto o ciúme prejudica a relação? Será que estou sendo muito ciumento, estou prendendo o meu parceiro, corro o risco do meu parceiro perder o interesse? Estas e outras questões veremos ao decorrer deste artigo.

O ciúme prejudica a relação

Será que o ciúme prejudica?

Esta é a pergunta que não quer calar. De fato, o ciúme não irá prejudicar a sua relação. As pessoas se enganam a pensar que o simples fato de ter este sentimento pode estragar uma relação.

O que vai atrapalhar de fato é o excesso deste sentimento, porque algumas pessoas sofrem com ansiedade e sentem muito medo de perder a pessoa, ser traída ou qualquer coisa do tipo.

Muitas vezes isto acontece por conta de experiências anteriores e nem sempre tem algo acontecendo no relacionamento atual. O ciúme prejudica a relação? Não! Mas chegando em certo ponto ele pode virar obsessão e isto não é bom.

Quando chega neste ponto, a pessoa praticamente quer mandar na outra, o que na maioria das vezes acontece em um casal hétero, porque o homem pensa que tem o direito de mandar na mulher ou vice-versa.

A verdade é que os tempos mudaram e com isso, os relacionamentos também são totalmente diferentes, a história de que os opostos se atraem mudou. Resumindo, ter ciúmes é normal, mas cuidado para não surgir um exagero.

O ciúme prejudica a relação

Uma conversa pode resolver:

Pode parecer uma ideia muito clichê, mas muitas vezes sentar pra conversar pode resolver muitos problemas. Colocar as cartas na mesa e falar sobre as coisas que gosta e que não gosta pode ajudar muito no relacionamento.

Muitas vezes a pessoa que sente muito ciúme só precisa se sentir mais amada e ficar segura de que não vai perder o seu parceiro, nem sempre o ciúme vem porque a pessoa quer, muitas vezes é por ansiedade e medo.

O ciúme prejudica a relação? Apenas quando é exagerado, por isso é interessante que tenha um diálogo entre você e o seu parceiro neste momento para que consigam decidir o que o melhor a ser feito.

Deixe claro para a pessoa que ela não irá te perder e não deixe brechas para o ciúme, muitas vezes esta proximidade numa relação fortifica muito os laços. Deixe que saiba a senha do seu celular, redes sociais e coisas do tipo, mas imponha um limite para tudo.

A sua privacidade também é importante no relacionamento, saiba impor limites em certas coisas, desta forma será mais fácil manter uma união estável e sem nenhum tipo de problema.

Estou sendo muito ciumento(a)?

Este é um bom ponto para se prestar atenção e pode evitar diversos problemas, basta que você faça uma análise concreta sobre si mesmo e sobre o que está gerando os problemas com ciúmes. Depois de algum tempo, você pode chegar a uma solução.

Se você está sempre brigando o tempo inteiro por conta de ciúme, isto pode afetar muito a sua relação e até mesmo causar falta de interesse no seu parceiro por conta disto, portanto cabe a você rever alguns de seus atos.

Algumas dicas para que consiga ter mais controle é não olhar o tempo inteiro o celular do seu parceiro, não ser invasivo(a) demais, não brigue por achismo, converse sempre de forma amigável e caso nada funcione, faça uma terapia de casal.

O ciúme prejudica a relação? Pode sim afetar, mas como já dito antes, existem formas de contornar este problema e fazer com que este seja amenizado. Existem alguns tipos de ciúme e você os conhecerá nos próximos tópicos.

O ciúme prejudica a relação

Ciúme normal:

Este é o tipo de ciúme saudável que temos, consiste simplesmente no medo de perder a pessoa para uma outra, geralmente é baseado em fatos e a sua motivação sempre será preservar a relação.

Este seria um nível normal para este sentimento, quando a pessoa não quer controlar a sua vida de maneira alguma e te deixa livre para fazer o que bem entender, mas não vale abusar do bom senso!

Ciúme patológico:

Também conhecido como obsessivo e doentio, este é um nível anormal deste sentimento e devemos sempre prestar atenção nos níveis do mesmo para que seja possível manter uma relação saudável.

O ciúme prejudica a relação? Sim, este tipo vai prejudicar bastante e precisamos sempre ficar atentos aos níveis para que o sentimento não atinja este nível. Este realmente pode ser uma pedra no sapato.

Ele se dá geralmente quando existe o desejo inconsciente da ameaça de algum tipo de rival, também chega com o desejo de controlar a pessoa e toda a sua vida. Para este tipo de ciúme, a terapia de casal é muito indicada e pode ajudar.

Também pode ser muito importante ter um diálogo entre o casal para que consigam expor todos os tipos de sentimentos e inseguranças. Nem sempre este tipo de ciúme acontece por vontade própria.

O ciúme prejudica a relação

Fiquem sempre atentos:

Tanto para quem sente os ciúmes para quem está sendo vítima deste sentimento sufocante, vale ressaltar que precisamos sempre ficar atentos aos níveis do mesmo para que não se torne uma obsessão ou coisa pior. A separação nem sempre é a solução.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *