Publicidade

A história do bouquet

19 de setembro de 2012

Eu sou meio chata com essa coisa da tradição pela tradição. Na época dos preparativos do meu casamento eu queria saber o porque de cada momento do ritual do casamento para ver se tinha a ver comigo e com meu marido. Não queria ir repetindo o protocolo sem entender o porquê.

E no meio dessa busca pela história dos detalhes eu fui atrás da história do bouquet. Eu só ia entrar carregando um monte de flores se eu entendesse o motivo daquilo (chataaaa!). E nas buscas descobri duas origens para nossos bouquets. Uma romântica  e outra funcional pra época mas nada bonita de se ouvir!

A primeira pretensa origem do bouquet vem da Grécia antiga quando se datam os primeiros casamentos monogâmicos. Nessa época as pessoas davam significado às flores e ervas e era comum as noivas as usarem em ramos para proteção contra espíritos ruins, inveja e garantir felicidade e fertilidade ao casal. De acordo com as flores escolhidas as noivas já mostravam aos convidados e ao noivo qual eram seus agouros para a relação. Alho (para espantar maus espíritos), arruda (para espantar inveja) e trigo (para atrair fertilidade) também eram muito usados. Ainda hoje há quem acredite em significados para as flores e escolha esse critério para escolher as que vão compor o bouquet deixando em segundo plano a aparência e beleza.

A segunda teoria, sem charme nenhum, é de que na Idade Média, na Europa, o primeiro banho do ano era tomado em Maio (descobriu porque o mês das noivas é tradicionalmente conhecido com sendo Maio?). Havia um calendário anual de banhos e as noivas procuravam se casar nesse mês ou no máximo em Junho. Mas para se precaver e tentarem ficar cheirosas as noivas começaram a levar ramos de flores nas mãos para disfarçar o odor desagradável que exalavam. Bonito não, né?

Bom, eu preferi acreditar na primeira história e escolhi o trigo para me casar (pelo seu significado de fertilidade)! Existem muitos sites na internet que falam sobre o significado das flores mas vamos falar das mais comuns:

Bouquet de rosas: o significado depende da cor. Variam entre paixão, carinhos, sucesso, amizade, romantismo, desejo e gratidão.

Bouquet rosas

 

Bouquet de tulipas: amor fervoroso

 

bouquet tulipas

 

Bouquet de orquídeas: beleza, perfeição, luxúria

  Bouquet orquídeas

 

Bouquet de girassol: glória, dignidade, felicidade

Bouquet girassol

 

Bouquet de lírios: casamento, pureza, nobreza

 

Bouquet lírios

 

Bouquet de gérberas: alegria, energia

Bouquet gérberas

 

Bouquet de margarida: inocência, amor leal

Bouquet margaridas

 

Bouquet de cravos: amor vivo, preferência

  Bouquet cravos

 

Bouquet de mosquitinho (gipsolfila): ternura, transparência da alma

Bouquet gipsofila

 

E um último detalhe: é dito por aí que quando a noiva joga o bouquet e uma solteira o pega, ela será a próxima a se casar. Mas existe uma outra teoria: quando a noiva escolhe a flor do bouquet pelo seu significado e o joga, esses votos vão permear a vida da solteira que o pegar! Nada de casamento, só bons desejos vindos da noiva!

É isso, escolha a sua história e acredite.

 

——-

Fonte: noivas.net; vamos subir ao altar; Dona Perfeitinha; Terra

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

por
5 Comentários

5 Comentários

  1. Fernanda - Sacramento Cerimonial e Eventos disse:

    Eu sabia da segunda história e sempre que conto para minhas noivas elas morrem de nojo. hahahahahaha

    Com certeza, a primeira história é melhor. Vou começar a contá-la, ao invés da outra. É mais romântico e cheiroso. Rs!

  2. […] semana falamos bastante sobre os bouquets por aqui. Contamos a história da origem do bouquet e falamos sobre a maneira certa de segurar o […]

  3. CLEIDIANE disse:

    Já que antes de casar você fez esta busca pelos significados, poderia me passar o que mais você descobriu das tradições? Eu também penso da mesma forma. beijos

    • Bel disse:

      Oi Cleidiane!! Tudo o que eu busquei eu coloquei em post aqui no blog. Se você sentir falta de alguma coisa específica me avise que procuro para você. Abs.


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *



Design por Casa2 | Creative Design & Happy Ideas - Wordpress por André Beltrame
© 2019 - Casando em BH - by Bel Ornelas - Todos os direitos reservados